3 de mai de 2017

O DOMINADOR - Tess Gerritsen

Série: Rizzoli & Isles – Vol . 2
Editora: Record
Ano: 2012
Páginas: 402
ISBN: 9788501069610

tess gerritsen
Sinopse: Após o estrondoso sucesso de "O Cirurgião", a personagem Jane Rizzoli está de volta em mais uma história empolgante. Depois de colocar atrás das grandes o psicopata Warren Hoyt - mais conhecido como "o Cirurgião", - a detetive se vê diante de um maníaco que reproduz as atrocidades de Warren. No decorrer das investigações, Jane vai descobrir que há muito mais ligações entre os dois assassinos do que ela supunha. 

Um ano após Jane Rizzoli prender o Cirurgião, aparece outro serial killer que copia parte do ritual dele em seus assassinatos. Este novo assassino é chamado de o Dominador pela polícia. Ele ataca e mata casais. Jane logo percebe que há semelhanças entre os assassinatos do Dominador com os crimes do Cirurgião. Seria um amigo ou um admirador? Os demais policiais não levam a sério a teoria de Jane e dizem que ela ainda está muito abalada por causa do ataque do Cirurgião, que quase a matou no verão passado.

Jane não quer demonstrar, mas ainda está abalada com a lembrança dos momentos aterrorizantes que passou nas mãos de Warren Hoyt - o Cirurgião. O surgimento do Dominador está fazendo com que Jane reviva esse terror. Como se não bastasse, Hoyt consegue fugir da prisão. Jane fica apavorada, pois tem a certeza de que ele virá atrás dela.

Quando outro casal é assassinado, a polícia passa a ter certeza de que o Dominador e o Cirurgião estão trabalhando juntos, por causa dos métodos utilizados nos crimes.

A médica legista Maura Isles aparece pela primeira vez neste livro. Mas sua participação é pequena, uma coadjuvante. O destaque vai para o agente do FBI, Gabriel Dean. O cara é tudo de bom: bonito, inteligente e bom caráter. Rizzoli o trata com sua habitual estupidez e grosseria. Mesmo assim, ele se apaixona por ela. É muito sortuda essa Jane!

No final, as coisas acontecem muito rápido. Quando você pensa que a parte mais tensa está começando, já terminou... Foi fácil demais... Mais uma vez, a detetive Rizzoli prova sua valentia (esperteza, nem tanto).

Apesar de achar que a autora fica muito tempo girando em torno do drama psicológico de Rizzoli (seus medos, sua necessidade de se mostrar corajosa, etc, etc...), o livro é bom. Não achei tão bom quanto o primeiro, mas indico a leitura.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!